Caos e pânico em Cabul após invasão dos taliban. Milhares de pessoas tentam fugir da cidade

Com milhares de pessoas a tentarem escapar após a tomada pelos taliban da cidade de Cabul, o secretário de Estado norte-americano, Anthony Blinken, garantiu que a fuga em massa vivida no Vietname, não vai repetir-se.

O caos e o pânico instalaram-se em Cabul, capital afegã, com a tomada da cidade pelos taliban. Milhares de pessoas tentaram nas últimas horas fugir da cidade. O aeroporto foi invadido por uma multidão em fuga, com as tropas norte-americanas a garantirem que controlam o aeroporto.

Os soldados norte-americanos diparararam tiros para o ar já esta manhã, no aeroporto de Cabul, invadido por um mar de gente em fuga, numa corrida para tentar apanhar um avião e escapar aos taliban.

Os EUA anunciaram o envio de seis mil soldados e garantem que controlam o perímetro do aeroporto. Foi para essa zona que foram levados todos os funcionários da embaixada norte-americana em Cabul. A bandeira dos EUA foi retirada esta manhã da embaixada dos Estados Unidos em Cabul.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram uma multidão na pista do aeroporto: milhares de pessoas apenas com a roupa do corpo, algumas das quais tentaram entrar num avião por uma manga suspensa do aparelho.

Há também quem tente fugir de carro. Todos os relatos dão conta do medo e pãnico, agora que os taliban controlam novamente a capital do Afeganistão. Mas, em declarações à CNN, o secretário de Estado norte-americano, Anthony Blinken, garantiu que a fuga em massa vivida no Vietname, não vai repetir-se.

Os taliban já se mostraram no palácio presidencial.

O Presidente Ashraf Ghani, que fugiu do país, declarou na rede social Facebook que os taliban são agora responsáveis pela honra, propriedade e preservação dos habitantes.

Um dos fundadores dos taliban declarou vitória, assumindo que agora é o tempo de provar que podem servir a nação, garantir a segurança e qualidade de vida de todos os afegãos.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de