Coreia do Norte anuncia seis primeiras mortes por Covid-19 no país

Um dia após reportar o primeiro caso, a Coreia do Norte assume esta sexta-feira que há milhares de pessoas infetadas.

A Coreia do Norte informou na quinta-feira que seis pessoas morreram de Covid-19 e milhares estão infetadas com o vírus, um dia após anunciar os seus primeiros casos de coronavírus desde o início da pandemia.

Segundo a agência norte-coreana KCNA, Kim Jong-un, o líder do país onde não foi administrada uma única vacina contra a Covid-19 desde o início da pandemia, visitou na quinta-feira o centro nacional de emergência epidémica.

Kim afirmou que, "desde o final de abril, uma febre de origem desconhecida se espalhou explosivamente por todo o país, resultando em cerca de 350.000 casos de febre em pouco tempo, dos quais cerca de 162.200 foram tratados com sucesso".

O líder norte-coreano disse que só no dia anterior, quarta-feira, tinham sido detetados 18.000 novos casos dessas febres.

"Até agora, cerca de 187.000 pessoas foram colocadas em quarentena e estão a ser tratadas, e seis morreram", acrescentou o presidente norte-coreano, segundo a agência.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de