Intercetada em Milão carta com três balas dirigida ao papa Francisco

Envelope foi intercetado no centro de triagem dos serviços de correio de Peschiera Borromeo, um subúrbio de Milão, e a polícia militar italiana foi imediatamente chamada ao local.

Um envelope com três balas endereçado ao papa Francisco foi intercetado durante a madrugada pelos serviços de correio de Milão (norte de Itália), divulgou esta segunda-feira a polícia militar italiana (Carabinieri), confirmando que já está em curso uma investigação.

O envelope foi intercetado no centro de triagem dos serviços de correio de Peschiera Borromeo, um subúrbio de Milão, e a polícia militar italiana foi imediatamente chamada ao local.

Segundo o jornal italiano Corriere della Sera, o envelope tinha no interior três balas de calibre de 9 milímetros e uma mensagem sobre a mais recente polémica relacionada com as operações financeiras do Vaticano, que culminou, no fim de julho, com o arranque do julgamento do cardeal Angelo Becciu, antigo alto funcionário da secretaria de Estado do Vaticano, por crimes financeiros devido a alegadas irregularidades num negócio imobiliário em Londres.

As agências internacionais indicam que o envelope foi enviado de França e que o nome e a morada do destinatário estavam escritos à mão com uma caneta esferográfica.

O Vaticano não comentou, até ao momento, o incidente. A investigação em curso foi aberta com a autorização da procuradora-adjunta de Milão, Alessandra Cerreti.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de