Joe Biden acusa Governo dos EUA de "abusar dos seus poderes"

Biden afirmou que Trump quer distrair a atenção das pessoas pela má gestão no combate à pandemia.

O candidato presidencial democrata, Joe Biden, disse esta quarta-feira que "aqueles encarregados de fazer cumprir a lei estão a abusar dos seus poderes", referindo-se ao Governo do republicano Donald Trump.

Numa videoconferência para os finalistas de curso de Direito da Universidade de Colúmbia, Biden pediu aos futuros juristas para "protegerem os fundamentos da democracia", insinuando que eles estão ameaçados pelo atual Governo norte-americano.

"Confiem na autogovernança, porque ela está sob ataque", disse o candidato democrata à Casa Branca.

"As mesmas pessoas que estão encarregadas de fazer cumprir o Estado de direito estão a abusar dos seus poderes, protegendo os seus amigos, enfraquecendo os princípios que fazem o nosso país funcionar", acusou Biden.

Os comentários do ex-vice-Presidente e candidato democrata acontecem quando crescem teorias da conspiração sobre o comportamento inadequado de Barack Obama no processo que envolve a interferência russa nas eleições presidenciais de 2016.

"Não quero descer à lama com essas pessoas", disse Biden, na terça-feira, quando lhe foi pedido que respondesse às insinuações de que Obama teria compactuado com a interferência russa nessas eleições.

Biden afirmou que Trump quer distrair a atenção das pessoas, no que considera ser uma má gestão do combate à pandemia de Covid-19, que já matou quase cem mil pessoas nos Estados Unidos.

"Esse é o padrão: diversão, diversão, diversão", declarou Biden, na terça-feira, referindo-se às manobras da Casa Branca para retirar a atenção pública das falhas na estratégia governamental para conter a propagação do novo coronavírus.

Esta quarta-feira, um comité do senado liderado pelo republicano Ron Johnson vai votar a possibilidade de iniciar uma investigação sobre o comportamento de Hunter Biden, filho do candidato Joe Biden, junto de uma empresa ucraniana, que esteve na base do processo de 'impeachment' contra Donald Trump, no início do ano.

Os democratas consideram que Trump está a usar a maioria republicana no senado para fazer guerrilha política contra Biden e Obama, tentando envolvê-los em processos judiciais sem grande sustentação, apenas para tentar denegrir a sua imagem, em ano eleitoral.

"As pessoas conhecem-me", respondeu Joe Biden, referindo-se ao que considera ser o prestígio de que goza junto do eleitorado e que lhe permitirá defender-se das insinuações e dos processos levantados pelos republicanos.

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de