Morreu Mercedes Barcha, mulher do Nobel da Literatura Gabriel Garcia Marquez

Causa da morte não foi divulgada oficialmente.

A mulher do escritor colombiano Gabriel Garcia Marquez, Mercedes Barcha, morreu no sábado, no México, aos 87 anos, anunciou o Secretariado da Cultura mexicano.

"Soube com grande tristeza da morte de Mercedes Barcha", escreveu na rede social Twitter a secretária da Cultura mexicana, Alejandra Frausto. "As nossas profundas condolências".

A causa da morte de Mercedes Barcha, que residia desde 1961 no México, não foi divulgada oficialmente. De acordo com os meios de comunicação social colombianos, a mulher do prémio Nobel da Literatura em 1982 sofria de problemas respiratórios.

Garcia Marquez, nascido em Aracataca, na Colômbia, em 1927, morreu em 2014 no México. O Presidente colombiano, Ivan Duque, enviou condolências à família de Mercedes Barcha.

"Hoje [sábado] morreu no México Mercedes Barcha, o amor da vida do nosso Nobel Gabriel Garcia Marquez e a sua companheira incondicional", escreveu Duque, manifestando "toda a solidariedade" da Colômbia com a família.

A Fundação Gabriel Garcia Marquez para o novo jornalismo ibero-americano precisou que Mercedes Barcha tinha morrido "na sua casa no México, onde se instalou com Gabo [diminutivo do escritor] em 1961".

Garcia Marquez e Mercedes Barcha casaram em 1958 e viveram juntos até à morte do escritor. Descendente de imigrantes egípcios, Mercedes Barcha nasceu e viveu em Magangue, na Colômbia, onde o pai era proprietário de uma farmácia. Garcia Marquez conheceu a mulher em 1941, quando tinha 13 anos e ela 9, quando acompanhava o pai, de aldeia em aldeia, para propor medicamentos.

O casal teve dois filhos, Gonzalo e Rodrigo, um desenhador e o outro realizador e produtos de cinema e de televisão.

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de