Violência doméstica terá estado na origem do ataque que fez três feridos na Noruega

De acordo com as autoridades locais, o suspeito é casado com uma das pessoas feridas e, em dezembro, tinha recebido uma ordem de restrição, na sequência de uma investigação de violência doméstica.

Pelo menos três pessoas ficaram feridas, esta sexta-feira, após terem sido esfaqueadas num ataque na aldeia de Nore og Ulvdal, no sul da Noruega, a 100 quilómetros a oeste da capital, Oslo. De acordo com a polícia norueguesa, um dos feridos ficou em estado grave e o suspeito já foi detido.

As autoridades locais adiantaram que na origem do ataque terá estado um episódio de violência doméstica. De acordo com a polícia norueguesa, o suspeito é casado com uma das pessoas feridas.

"O perpetrador e um dos feridos são casados", disse o inspetor Odd Skei Kosvteit, citado pela agência francesa AFP.

O incidente foi inicialmente descrito com um episódio de "violência indiscriminada".

A mulher do suspeito ficou gravemente ferida e foi transportada de helicóptero para um hospital, juntamente com um homem que também foi esfaqueado pelo suspeito, disse a polícia.

As autoridades disseram que o suspeito tinha recebido uma ordem de restrição em dezembro, na sequência de uma investigação de violência doméstica, segundo a agência norte-americana AP.

O atacante, que também ficou ferido, foi detido por suspeita de "danos corporais graves", acrescentou a polícia.

O ataque ocorreu próximo de uma loja de conveniência e uma escola secundária.

O atacante foi dominado por transeuntes, incluindo alguns estudantes, antes da chegada das autoridades, noticiaram os meios de comunicação noruegueses.

O ataque desta sexta-feira aconteceu a norte da cidade de Kongsberg, onde, em outubro do ano passado, um homem matou cinco pessoas utilizando um arco e flecha. O autor do ataque, que os especialistas dizem sofrer de problemas psiquiátricos, está a ser julgado na Noruega desde quinta-feira.

* Atualizado às 12h30

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de