Presidenciais nos EUA. Pete Buttigieg desiste de candidatura às primárias democratas

O antigo 'mayor' de South Bend, no estado do Indiana, e primeiro candidato presidencial dos Estados Unidos assumidamente homossexual, Pete Buttigieg, anunciou a desistência da corrida à nomeação do Partido Democrata.

"Hoje [domingo] tomo a difícil decisão de suspender a minha campanha para a presidência, mas farei tudo ao meu alcance para garantir que temos um novo Presidente democrata em janeiro", disse Pete Buttigieg num discurso em South Bend, Indiana.

O político de 38 anos era o mais jovem de uma corrida democrata liderada por homens com mais de 70 anos e, há apenas um mês, emergiu como o favorito da ala moderada do partido, depois de vencer por uma margem estreita em Iowa, o primeiro estado a votar nas primárias democratas.

Pete Buttigieg conseguiu ainda um sólido segundo lugar em New Hampshire, conquistando sobretudo os votos dos eleitores liberais brancos.

Contudo, no Nevada, onde existe um importante número de eleitores latinos, Pete Buttigieg ficou em terceiro lugar e na Carolina do Sul, onde o eleitorado democrata é maioritariamente negro, caiu para quarto lugar, conquistando apenas 3% destes eleitores.

As primárias na Carolina do Sul foram ganhas pelo ex-vice-presidente Joe Biden.

"Pete Buttigieg realizou uma campanha histórica, pioneira, baseada na coragem, compaixão e honestidade. Seremos um país melhor devido o seu serviço contínuo. Este é apenas o começo do seu tempo no palco nacional", escreveu o ex-vice-presidente dos EUA Joe Biden, na sua conta oficial da rede social Facebook.

A vitória de Biden ocorreu num momento crucial para a sua candidatura à Casa Branca, recuperando dos maus resultados nas primárias do Iowa, New Hampshire e Nevada, numa altura em que a corrida avança para a "Super Terça-Feira", quando são chamados a pronunciar-se 14 estados no início da próxima semana.

Sanders reivindicou o segundo lugar e parabenizou Biden pela sua primeira vitória, sublinhando que o resultado deste sábado não era motivo de preocupação para os seus apoiantes.

Com a desistência de Pete Buttigieg, seis candidatos mantêm-se na luta para assegurar a nomeação democrata e defrontarem em 03 de novembro o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Joe Biden, Bernie Sanders, Mike Bloomberg, Elisabeth Warren, Amy Klobuchar e Tulsi Gabbard são os candidatos ainda na corrida à nomeação pelos Democratas.

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de