Primeiro voo espacial tripulado dos EUA desde 2011 lançado esta quarta-feira

Esta será a missão mais perigosa que a NASA alguma vez confiou a uma empresa privada.

O primeiro voo espacial tripulado da empresa privada SpaceX vai ser lançado na quarta-feira, do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, e levará a bordo dois astronautas da NASA até à Estação Espacial Internacional (EEI).

Este voo espacial, considerado histórico, será o primeiro a sair do solo dos Estados Unidos desde 2011 e é a missão mais perigosa e prestigiada que a NASA (agência espacial norte-americana) alguma vez confiou a uma empresa privada.

Os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley, que estão de quarentena devido à Covid-19 há duas semanas, vão voar a bordo da nova cápsula Crew Dragon, lançada pela SpaceX, uma 'start-up' fundada em 2002 por Elon Musk, obcecado por Marte e criador dos carros elétricos da Tesla.

Durante a missão, batizada de Demo-2, vão ser testados os sistemas de voo, foguetes, navios e processos de aterragem desenhados pela empresa fundada por Elon Musk.

O objetivo é que a NASA possa enviar os seus astronautas para a Estação Espacial Internacional em voos comerciais dos Estados Unidos e não da Rússia, como acontece desde o final do programa de espacial Atlantis, em 2011.

Esta missão procura também lançar as bases para futuros planos de exploração para a Lua, a partir de 2024, e Marte, a partir de 2030.

Caso o lançamento seja cancelado na quarta-feira, estão marcados novos voos para sábado e domingo.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o vice-presidente Mike Pence anunciaram a sua presença no Cabo Canaveral para o lançamento e espera-se que milhares de pessoas assistam nas praias próximas, apesar do centro de visitantes estar fechado devido à pandemia de Covid-19.

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de