Reino Unido contabiliza máximo de óbitos por Covid-19 desde março

Nos últimos sete dias morreram 542 pessoas com Covid-19, 12,9% mais do que na semana anterior, tendo sido identificados 182 730 contágios.

O Reino Unido registou 138 mortes provocadas pela Covid-19 nas últimas 24 horas, o máximo diário desde 17 de março, segundo dados divulgados pelo governo britânico.

Nos últimos sete dias, morreram 542 pessoas com Covid-19, 12,9% mais do que na semana anterior, tendo sido identificados 182 730 contágios (menos 20,5%), sendo que nas últimas 24 horas foram contabilizados 21 691 novos casos.

O número de pacientes hospitalizados com a doença subiu para 6099, número próximo ao de 18 de março (6150 na altura).

No dia 19 de julho, o governo britânico suspendeu todas as restrições sociais em Inglaterra para evitar a transmissão da doença, incluindo a obrigação de usar máscara em ambientes fechados.

Por seu lado, a Escócia vai eliminar as limitações de capacidade e distância social, mas vai manter o uso de máscara e a recomendação do teletrabalho.

No total, o Reino Unido tem 73% da população acima de 18 anos com as duas doses da vacina contra o vírus, enquanto 88,7% receberam pelo menos uma dose.

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 4 234 618 mortos em todo o mundo, entre mais de 198,8 milhões de casos de infeção pelo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de