Caravana Literária homenageia Eduardo Lourenço este fim de semana

O evento começa esta sexta-feira na Guarda, onde um dos destaques é o concerto de Sérgio Godinho no Teatro Municipal.

É já este fim de semana que os municípios da Guarda, Almeida e Vila Nova de Foz Coa vão ser ponto de passagem da Caravana Literária. A iniciativa reúne artistas de diferentes áreas, mas todos partilham o mesmo objetivo: falar da vida e obra de Eduardo Lourenço. A iniciativa faz parte da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027.

O homenageado não suscitou qualquer dúvida para o curador Jorge Maximino. "Tendo nascido na região, sendo que a terra da qual é natural - São Pedro de Rio Seco - é do concelho de Almeida", Eduardo Lourenço era a escolha natural.

No entanto, as raízes no interior não se ficam por aí. O ensaísta "teve uma ligação muito forte à cidade da Guarda, onde foi estudante e onde se tornou patrono de uma biblioteca importantíssima, que é a Biblioteca Municipal da Guarda, que tem o nome dele e também tem uma parte do espólio que o pensador e ensaísta Eduardo Loureço deixou àquela cidade e naquela biblioteca", explica o curador.

Da poesia à música, passando pelo teatro, a figura de Eduardo Lourenço estará presente nos três dias de festival. "Os protagonistas desta homenagem, que é feita sem formalidades, são os poetas e é a voz da poesia que está em foco", refere Jorge Maximino. "Claro que a essas intervenções artísticas estão associados outros atores e músicos, que em precipício estão na parte final de cada um dos três dias."

Um desses músicos é Sérgio Godinho, que toca no Teatro Municipal da Guarda na sexta-feira. O festival estende-se no sábado por Almeida, onde um dos atrativos será a inauguração de um painel evocativo ao poeta e ensaísta, da autoria de Graça Morais. Já no domingo, a Caravana Literária termina em Vila Nova de Foz Coa, onde, entre outros eventos, haverá uma conferência sobre Eduardo Lourenço e onde se poderão ouvir algumas passagens escritas pelo poeta.

O objetivo, para o curador Jorge Maximino, "é que se simplifique o mais que se possa a imagem de um grande pensador, porque muitas vezes isso também intimida uma parte do público menos habituada à leitura, ou a leituras um pouco mais difíceis".

O cartaz completo do evento pode ser consultado no site oficial da Caravana Literária.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de