Off, falar do fim, dela, do mundo.

A Companhia Mala Voadora, traz ao Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, o espectaculo: Off.

Começam por avisar que Off é um espetáculo de ficção científica. Num tempo que apesar de indefinido, é muito parecido com este tempo onde vivemos agora. Jorge Andrade que quis entregar a escrita do texto ao escritor Chris Thorpe, acabou por escrever o resto, quase todo, por causa da pandemia, e encena esta ideia, que já era mais antiga para chegar a um fim, off. Um texto afinal, revela Jorge Andrade, escrito a quatro mãos.

Uma mulher quando olha pela janela vê o mundo a desmoronar-se ao mesmo tempo que o seu próprio corpo doente também começa a definhar.

Este é o drama desta mulher que vê o corpo a ficar cada vez mais doente e tudo parece ter uma consequência no resto do mundo, e isto é um drama para esta mulher.

Esta mulher, afinal é só uma parte, ou como a biologia explica, como revela Jorge Andrade, sacrifica uma parte a favor da sobrevivência do todo.

direção Jorge Andrade

texto Chris Thorpe, Jorge Andrade

a partir de Dying de Chris Thorpe

tradução Manuel Poças

com Jorge Andrade, Maria Jorge, Tânia Alves

cenografia José Capela, com edição de imagem de António MV

figurinos Maria dos Prazeres

luz João Fonte com Jorge Andrade

banda sonora Sérgio Delgado

imagem e vídeo de divulgação António MV

assistência de direção artística Maria Jorge

assistência de produção e comunicação Sofia Freitas

produção mala voadora

coprodução Teatro Nacional D. Maria II, Teatro Nacional São João

residência de coprodução O Espaço do Tempo

Off, da Companhia Mala Voadora, está na sala estúdio do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa de quarta a sábado às 19h30, domingo às 16h30, até 19 de dezembro.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de