Presidente da República lamenta morte da atriz Natália de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa enalteceu a carreira da atriz na comédia portuguesa.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou hoje a morte da atriz Natália e Sousa e destacou a sua atuação em programas de humor, considerando que "conquistou um lugar no imaginário da comédia portuguesa".

A atriz Natália de Sousa morreu na quarta-feira, aos 73 anos.

Numa nota publicada no portal da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa lamenta a sua morte, referindo que "Natália de Sousa ganhou reconhecimento público em diversos meios artísticos, quase sempre no domínio da comédia".

"Cofundadora do Teatro Ádóque, esteve entre os autores e atores de teatro de revista que, logo a seguir à Revolução, mantiveram viva essa tradição crítica e trocista, em espetáculos muito populares que, nos palcos do Parque Mayer, comentavam em direto as vicissitudes políticas do novo regime", lê-se na nota.

Nesta mensagem, menciona-se que Natália de Sousa também fez "algum cinema", mas que "foi no entanto a televisão que a tornou num rosto familiar a todos os portugueses",

"Com o seu trabalho ao lado dos nomes mais destacados do humor das últimas décadas, como Nicolau Breyner, Camilo de Oliveira ou Herman José" - em programas como "Eu Show Nico", "Sabadabadu" e "O Tal Canal" - a atriz "conquistaria um lugar no imaginário da comédia portuguesa", considera o chefe de Estado.

"À família de Natália de Sousa apresento as minhas sentidas condolências", acrescenta.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de