Taxa de desemprego desce para 7,7% na zona euro e 7,1% na UE em junho

A taxa de desemprego da zona euro com ajustamento sazonal era de 7,7%, contra 8% em junho de 2020 e também em maio deste ano.

A taxa de desemprego desceu ligeiramente, em junho, para 7,7% na zona euro e 7,1% na União Europeia (UE), comparando com 8% e 7,3%, respetivamente, no mesmo período homólogo de 2020, anunciou hoje o gabinete estatístico comunitário, Eurostat.

Dados hoje divulgados pelo Eurostat revelam então que, no mês passado, a taxa de desemprego da zona euro com ajustamento sazonal era de 7,7%, contra 8% em junho de 2020 e também em maio deste ano.

Já no conjunto da UE, esta taxa fixou-se em 7,1% em junho de 2021, o que compara com 7,3% tanto no período homólogo do ano passado como em maio deste ano.

Em termos absolutos, o Eurostat estima que 14,9 milhões de homens e mulheres na UE, dos quais 12,5 milhões na zona euro, estavam desempregados em junho de 2021.

Isto significa uma redução de 397 mil desempregados na UE e 339 mil na zona euro face a junho de 2020.

Portugal seguiu a tendência europeia, ao registar uma taxa de desemprego de 6,9% em junho de 2021, depois de 7,5% no mesmo mês do ano anterior.

No que toca ao desemprego juvenil (abrangendo jovens até 25 anos), atingiu os 17,3% na zona euro e os 17% na UE no mês passado, uma redução face a junho de 2020, quando estas taxas se fixaram, respetivamente, em 18,7% e 18,2%.

Ao todo, 2,9 milhões de jovens (menores de 25 anos) estavam desempregados na UE no mês passado, dos quais 2,4 milhões na zona euro, menos 152 mil e menos 110 mil, respetivamente, do que no período homólogo de 2020.

Por género, a taxa de desemprego das mulheres era, em junho de 2021, de 8,2% na zona euro e de 7,5% na UE, enquanto nos homens estas percentagens eram de, respetivamente, 7,3% e 6,7%.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de