Últimas

Maria de Belém Roseira

Críticas a batons e não a gravatas. "É muito mais fácil atacar mulheres do que homens"

A carreira política acontece-lhe na vida, não por a ter solicitado, mas por "circunstâncias" que não procurou, num momento em que já ocupava altos cargos na administração. "Procuraram-me... Eu não tive como objetivo ingressar na carreira política, até porque eu estava em funções executivas, e sentia-me muito realizada nessas funções." Maria de Belém Roseira traz no currículo uma carreira de anos no Governo, mas também no Parlamento, onde se "sente menos o produto imediato das decisões".