Abstenção foi mais baixa nos concelhos com mais casos de Covid-19

Nos 105 concelhos onde a abstenção foi mais elevada foram registados, entre 13 e 26 de janeiro de 2022, 5744 casos de Covid-19 por cada 100 mil habitantes.

A abstenção nas eleições de domingo foi mais baixa nos concelhos onde foram registados mais casos de Covid-19 nas últimas semanas, segundo dados do portal EyeData.

Neste portal, disponível aqui, os resultados eleitorais por concelho são divididos em três. Nos 105 concelhos onde a abstenção foi mais elevada foram registados, entre 13 e 26 de janeiro de 2022, 5744 casos de Covid-19 por cada 100 mil habitantes, face à média nacional de 6401 casos.

Com 99,07% dos votos contados, a abstenção total atingiu os 50,25%, com 5.346.313 portugueses a votarem, num total de 9.220.146 inscritos. Os votos em branco representaram 1,15% e os nulos 0,92%.

Os concelhos com maior nível de abstenção foram Ribeira Grande, na Madeira, com 74,20% e Vila Franca do Campo, nos Açores, com 69,04%. Estes dois concelhos já tinha liderado o 'ranking' da abstenção nas eleições legislativas de 2019, quando registaram 68,70% e 70,37%, respetivamente.

Em sentido contrário, os concelhos com maior participação hoje foram Vila de Rei, Castelo Branco, com abstenção de 31,88% e Guimarães, Braga, com 32,25.

LEIA AQUI TUDO SOBRE AS LEGISLATIVAS 2022

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de