Candidato do PS em Aveiro? "Não sei quem é, só conheço pelos cartazes"

António Costa escolheu Aveiro para o arranque oficial da campanha socialista. A TSF andou pelas ruas da cidade para perceber como vai a política num concelho pintado de laranja.

"Viva Aveiro" é o nome da coligação que junta o Partido Socialista (PS) e o PAN a um concelho que é liderado pela direita há 16 anos. Aveiro foi dos poucos concelhos onde o PSD conseguiu vencer nas últimas legislativas, e ao que tudo indica, a tarefa não vai ser fácil para os socialistas,

Ribau Esteves é o atual presidente da Câmara de Aveiro e concorre a um terceiro e último mandato, numa coligação entre o PSD e CDS. Do lado dos socialistas, o candidato é Manuel Oliveira de Sousa, concorre pela segunda vez à autarquia, mas há quem se queixe de falta de contacto com a população.

"Não conheço as propostas do PS, nem sei quem é o candidato", admite Cidália Almeida, que trabalha em Aveiro há seis anos, mas não conhece os rostos da oposição.

Pelas ruas de Aveiro, a TSF tentou uma segunda vez, agora com David Cristo, que vive em Aveiro desde que nasceu: "Conheço de cartazes, mas não tenho grande conhecimento acerca de quem é."

David Cristo explica que o PS precisa de uma figura carismática para ombrear com o atual presidente, num concelho que se pinta quase sempre de laranja, ou seja, a cor do PSD.

Para o popular, Ribau Esteves colocou Aveiro no mapa: "Para o estado em que a câmara estava, com um enorme défice, o atual presidente conseguiu colocar Aveiro novamente no mapa."

David Cristo nota diferenças "tanto ao nível turístico, como cultural", mas Cidália Almeida tem uma opinião contrária. Ainda assim, não vê a oposição fazer melhor.

"As habitações em Aveiro têm preços escandalosos, e mesmo a nível cultural é uma pobreza. Espanta-me como é que uma cidade destas é candidata a capital da cultura em 2027, quando na verdade não se vê rigorosamente nada", explica Cidália.

E com obras, "é só betão": "As pessoas passeiam na cidade e é só betão."

As obras vão estar concluídas a 26 de setembro, a tempo da contagem dos votos, e ao que tudo indica, ainda não será desta que o PS vai reconquistar Aveiro.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de