"Não podemos desperdiçar 20% das nossas crianças" em risco de pobreza

Ministra com a tutela da Segurança Social quer alargar a capacidade das creches e reforçar o abono de família.

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social assumiu esta sexta-feira a missão de retirar 170 mil crianças da situação de pobreza ou exclusão até 2030, assumindo que não se pode "desperdiçar 20%" das crianças em Portugal.

"Não podemos desperdiçar 20% das nossas crianças que estão em risco de pobreza e essa tem de ser a nossa missão", afirmou Ana Mendes Godinho, durante a intervenção no debate do programa do Governo, que hoje prossegue.

Relativamente ao apoio à infância, Mendes Godinho realçou a meta de "retirar 170.000 crianças da situação de pobreza ou exclusão até 2030", bem como alargar a capacidade das creches, reforçar o abono de família e as deduções fiscais a famílias e promover a desinstitucionalização de 18.000 crianças que estão atualmente em casas de acolhimento.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de