PS "não tem duas caras" e está "empenhado em governar"

António Costa volta a visar Rui Rio: espera que o presidente do PSD perceba, de uma vez por todas, que o PRR não é uma ilusão.

António Costa volta a responder às críticas da oposição, que acusa o PS de utilizar os meios do Governo para fazer propaganda eleitoral. Nos Açores, o secretário-geral do PS reforçou que os restantes partidos fazem campanha a criticar os socialistas, enquanto o PS tem vontade de governar o país.

O primeiro-ministro insistiu que a campanha da oposição "é dizer mal do PS", já o seu partido "está mesmo empenhado em governar o país, os municípios e as freguesias".

O líder socialista pergunta ainda "o que querem os cidadãos". "Querem que andemos a dizer mal uns dos outros, ou querem que digamos o que pretendemos fazer pelas nossas terras e pelas nossas populações, na habitação, mobilidade e saúde?", questiona.

António Costa volta a visar Rui Rio: espera que o presidente do PSD perceba, "de uma vez por todas", que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) não é uma ilusão. E Costa garante ainda ao líder da oposição que o PS "não tem duas caras".

"Há outra coisa que Rui Rio deve perceber: o PS não tem duas caras. Aquilo que negociámos com o Governo de Vasco Cordeiro, já contratualizámos com o atual Governo dos Açores, porque não mudamos de cara ou de palavra lá porque os Açores mudaram de Governo regional", atira.

E continuou: "Os Governos podem mudar, mas o PS não muda, assim como a dedicação do partido aos Açores".

Os Açores vão receber 697 milhões de euros do PRR, depois do acordo entre o Governo do da República e o antigo governo regional, liderado pelo socialista Vasco Cordeiro.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de