Racismo: Marcelo Rebelo de Sousa quer "tolerância zero" e "sensatez"

O Presidente considera que os democratas devem ser firmes nos seus princípios, mas também sensatos na sua defesa.

O Presidente da República recomendou esta quinta-feira aos democratas "tolerância zero" e "sensatez" para combater o racismo, ao comentar as ameaças de que foram alvo três deputadas e outros sete ativistas.

"Os democratas devem ser muito firmes nos seus princípios e, ao mesmo tempo, ser sensatos na sua defesa. Firmes nos princípios significa uma tolerância zero em relação àquilo que é condenado pela Constituição [da República Portuguesa], sensatez significa estar atento às campanhas e escaladas que é fácil fazer a propósito de temas sensíveis na sociedade portuguesa", disse Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado respondia a perguntas da comunicação social após visitar três unidades hoteleiras lisboetas para se inteirar da situação no setor do turismo, a convite da Confederação do Turismo de Portugal e da Associação da Hotelaria de Portugal.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de