Alunos do 11º e 12º ano da Secundária de Palmela com aulas à distância até segunda-feira

Tudo terá começado com o contágio de um assistente operacional no passado dia 11 de setembro, que ficou em casa em isolamento profilático.

Alunos do 11º e 12º ano da Escola Secundária de Palmela vão ter aulas à distância até segunda-feira devido a um caso de Covid-19 e à falta de assistentes operacionais, informou esta quarta-feira aquele estabelecimento de ensino.

Segundo um comunicado publicado na página oficial da escola na rede social Facebook, tudo terá começado com o contágio de um assistente operacional no passado dia 11 de setembro, que ficou em casa em isolamento profilático desde essa data, mas que só no passado fim de semana conheceu o resultado do teste, que acusou positivo.

De acordo com o comunicado, os cinco funcionários que tiveram contacto mais próximo com o assistente operacional infetado, mas que estão assintomáticos, foram mandados para casa em isolamento profilático, seguindo indicações do Delegado de Saúde.

O comunicado refere ainda que, na passada terça-feira, além dos assistentes operacionais em isolamento, estavam também ausentes com atestado médico outros funcionários e mais alguns que não se apresentaram ao serviço porque ficaram sem transporte devido a um plenário dos trabalhadores dos TST.

Essa situação inviabilizava o funcionamento de todas as turmas em condições de segurança, o que levou à decisão de se suspender parcialmente as aulas presenciais.

"Escolhemos as turmas de anos de alunos com mais autonomia e que já têm alguma experiência neste regime de ensino, um ano do turno da tarde (11.º) e um ano do turno da manhã (12.º)", justifica o comunicado assinado pela diretora da escola, Isabel Ramada, adiantando que as turmas em causa deverão retomar o ensino presencial logo que haja um número suficiente de assistentes operacionais, o que deverá acontecer já na próxima segunda-feira.

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de