Despedimento na TAP, o desfile do 25 de Abril e outros destaques TSF

Incidência da Covid-19 pode baixar para os 60 casos por 100 mil habitantes em "um a dois meses".

No dia em que Bruxelas autorizou uma ajuda de 462 milhões de euros à TAP, o ministro Pedro Nuno Santos confirmou que há "perto de 500" trabalhadores identificados para um despedimento coletivo na companhia aérea. Numa entrevista à SIC, o ministro das Infraestruturas reforçou que a empresa está "entre a espada e a parede".

A dois dias do 25 de Abril, a abertura do desfile. A comissão organizadora do evento que vai ocorre na Avenida da Liberdade decidiu, depois de quatro horas de reunião, abrir a participação a todos os interessados desde que cumpram as regras sanitárias e de combate à pandemia.

Em Portugal, a Covid-19 pode desacelerar até aos 60 casos por 100 mil habitantes em "um a dois meses". Os dados são de mais um relatório de monitorização das linhas vermelhas da doença, que revela também que só há uma região com um Rt acima de 1: o Norte.

Num momento em que se fala tanto de vacinas contra a Covid-19, há também espaço para o combate a outras doenças. Em Oxford superou-se, pela primeira vez, a eficácia exigida pela Organização Mundial de Saúde na vacina contra a malária. Depois de um teste em 250 crianças, segue-se a testagem de um grupo composto por perto de cinco mil. E há uma reação em português de uma autoridade mundial na investigação da doença. "Uau!", disse Maria Manuel Mota à TSF.

E do estrangeiro chega também uma pergunta: as mortes de dissidentes russos serão uma coincidência ou estará o braço longo do Kremlin envolvido? As respostas possíveis estão aqui:

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de