Falta dinheiro para vacina portuguesa avançar, exceções para antecipar 2.ª dose e outros destaques TSF

Ensaios em ratinhos foram um sucesso, mas sem dinheiro público o projeto da primeira vacina portuguesa contra o SARS-CoV-2 ficará pelo meio caminho.

Aquela que poderá ser a primeira vacina de origem portuguesa contra a Covid-19 terminou os primeiros ensaios em ratinhos com sucesso, mas falta o apoio do Governo para avançar com os ensaios clínicos em humanos. A explicação é avançada à TSF pela empresa de biotecnologia, com sede em Cantanhede, no distrito de Coimbra.

Enquanto isso, a Direção-Geral da Saúde admite que a segunda toma da vacina contra a Covid-19 possa ser antecipada em caso de necessidade de deslocação urgente ao exterior. A autoridade de saúde publicou na rede social Instagram a informação de que, o intervalo entre as duas doses pode ser diminuído se o utente "precisar de viajar" com urgência, a título excecional, ou noutros casos isolados a avaliar. A publicação foi entretanto removida, mas a DGS confirmou à TSF que a segunda dose da vacina pode mesmo ser antecipada.

A Polícia Judiciária anunciou a apreensão de contas bancárias no valor de 24 milhões de euros, dando cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão. Em causa poderá estar a prática de crimes de burla qualificada, branqueamento e fraude fiscal.

No mercado de transferências, o Sporting reagiu à rescisão de João Mário com o Inter de Milão e consequente contratação pelo Benfica. Os leões dizem estar atentos ao processo e deixaram um aviso aos dois clubes.

O Conselho Superior da Magistratura (CSM) suspendeu de funções os antigos presidentes do Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) Luís Vaz das Neves e Orlando Nascimento, indicou aquele órgão de gestão e disciplina dos juízes.

Na África do Sul, pelo menos 45 pessoas morreram e 757 foram detidas nos distúrbios violentos que continuam pelo sexto dia consecutivo, depois da prisão do antigo chefe de Estado e ex-líder do Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês), Jacob Zuma. A secretária de Estado das Comunidades dá conta à TSF de alguns negócios portugueses já saqueados e pede calma a quem está nas zonas de maior risco.

O avançado inglês, Marcus Rashford, que foi alvo de insultos racistas depois de ter falhado uma grande penalidade na final do Euro 2020, está agora a ser inundado com várias mensagens de apoio.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de