Governo quer ver a sociedade civil representada na Ordem dos Médicos e desafia parlamento

Marta Temido sugere que seja alterado o estatuto da Ordem dos Médicos.

O governo desafia o parlamento a avançar com alterações ao estatuto da Ordem dos Médicos. A sugestão foi feita pela ministra da Saúde, esta quarta-feira no Parlamento. Marta Temido quer garantir uma melhor supervisão e pede que elementos da sociedade civil possam estar representados na Ordem dos Médicos.

Chamada ao parlamento por causa do bebé com malformações no rosto, a ministra da Saúde sugeriu, por exemplo, que "um terço dos elementos dos conselhos superiores da Ordem dos Médicos", seja constituído por elementos da sociedade civil.

Marta Temido defende que desta forma se pode aumentar a "transparência" na supervisão.

O governo sugere ainda que a figura do provedor do doente, já prevista, seja finalmente concretizada.

Recomendadas

Patrocinado

Apoio de