Jesus de saída do Benfica, os preços que aumentam em 2022 e outros destaques TSF

A manhã de terça-feira fica também marcada marcada pelas críticas da Deco que antecipa o aumento de comissões bancárias no uso de cartões de crédito e débito para os primeiros meses de 2022.

Jorge Jesus está perto de deixar o Benfica. O treinador da equipa B, Nélson Veríssimo, já vai orientar o treino dos encarnados durante a tarde desta terça-feira. A TSF confirmou que Veríssimo vai também orientar a equipa no clássico frente ao FC Porto, no Estádio do Dragão esta quinta-feira.

2022 aproxima-se e vai já ficar marcado pelo aumento generalizado de preços que os consumidores irão pagar pelos serviços que usam no dia-a-dia. A eletricidade aumenta para quem está no mercado regulado, mas também para os clientes que já passaram para o liberalizado. As portagens e os transportes também registam acréscimos, assim como as rendas.

O presidente do PSD, Rui Rio, negou esta terça-feira ter proposto um acordo parlamentar a dois anos com o PS, depois de o primeiro-ministro, António Costa, ter rejeitado essa possibilidade na segunda-feira. Já Catarina Martins surge na mensagem de Ano Novo, em nome do Bloco de Esquerda apostada em contrariar o objetivo de maioria absoluta do líder do PS e promete que "com a força que o povo confiar", o BE irá trabalhar por "soluções".

A Deco antecipa o aumento de comissões bancárias no uso de cartões de crédito e débito para os primeiros meses de 2022. A associação de defesa do consumidor critica o progressivo aumento de preços numa altura em que a banca continua a fechar balcões e a despedir trabalhadores.

Nas aldeias bragantinas de Guadramil e Petisqueira só há rede através do roaming de operadoras espanholas e nem sequer é possível ligar o 112. Um estudo da Anacom sobre as comunicações no concelho de Bragança mostra que 17% das chamadas falham, ou seja, uma em cada 6 chamadas não foi estabelecida ou concluída com sucesso, e o serviço de internet também não é o desejável nas três operadoras.

O barco pesqueiro "Nossa" está com a tripulação confinada a bordo há 10 dias, em Viana do Castelo, devido a casos confirmados de Covid-19. O Natal da tripulação do foi passado com as famílias a espreitar no cais.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de