Os crimes que mais subiram em Portugal, os pormenores das festas em Downing Street e outros destaques TSF

Boris Johnson voltou a pedir desculpa pelas festas organizadas na residência oficial, mas afasta a demissão do cargo de primeiro-ministro.

O mais recente Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) revela que a criminalidade participada às autoridades aumentou quase 1% em 2021. Entre os crimes que mais aumentaram estão o que é praticado em grupo, a delinquência juvenil e as violações. Esta última não passou ao lado das estatísticas da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima.

O relatório oficial sobre as festas em Downing Street durante o período crítico da Covid-19 revela pelo menos 16 ocasiões em que houve quebra das regras. O documento elaborado por Sue Gray relata episódios com funcionários embriagados, paredes sujas de vinho e até faltas de respeito para com funcionários da limpeza e segurança.

A Polícia Judiciária anunciou a detenção de um suspeito de 17 anos que será o autor de um ataque racista a uma sessão online, realizada em fevereiro de 2021, sobre "A Influência da escravatura e o racismo institucional". O suspeito é assumidamente supremacista branco e neonazi.

Nos Estados Unidos, já são conhecidos alguns detalhes sobre o jovem que levou a cabo, numa escola primária, um ataque armado que matou 21 pessoas, incluindo 19 crianças.

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, coloca nas mãos do Ocidente e na vontade negocial da Rússia a chave para acabar com a guerra a breve prazo. A Organização das Nações Unidas confirmou, entretanto, a morte de quase quatro mil civis no conflito. Na Rússia, Putin reconheceu que a inflação é um problema e, por isso, ordenou o aumento em 10% do salário mínimo, das pensões e do valor mínimo de subsistência.

No Brasil, Bolsonaro deixou elogios à operação policial matou pelo menos 22 pessoas na Vila Cruzeiro, favela na região norte do Rio de Janeiro.

Com o campeonato fechado é tempo de balanços, mas também de lançamento da nova época. O novo treinador do Benfica, Roger Schmidt, deixa a garantia de que vai aposta na formação. Schmidt foi também tema de conversa com o técnico do Marítimo, Vasco Seabra, que esteve esta tarde na TSF para contar como foi a época que agora termina e analisar o desempenho de algumas das figuras do futebol nacional.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de