Pedro Nuno Santos "muito preocupado" com Lisboa, Costa afasta remodelação e outros destaques TSF

Ministro das Infraestruturas reconhece a preocupação em relação às opções políticas de Moedas, autarca eleito em Lisboa, para a habitação e a mobilidade.

O ministro das Infraestruturas critica as opções de Carlos Moedas para Lisboa em matéria de mobilidade e de habitação. Pedro Nuno Santos diz que admite estar "muito preocupado".

Já sobre o novo aeroporto de Lisboa, o ministro assegurou que o futuro aeroporto vai ser construído antes de 2035, ao contrário do que admitiu na segunda-feira o presidente da ANA - Aeroportos de Portugal.

Quanto à demissão do presidente da CP, Pedro Nuno Santos disse compreender o seu desalento. Em declarações ao jornal Público, Nuno Freitas expôs as dificuldades impostas pela burocracia na gestão pública que impedem que o trabalho se faça de forma eficiente e eficaz. Confrontado pelos jornalistas com esta saída e os motivos invocados, Pedro Nuno Santos reconhece que, apesar de não ser "suposto", é natural que as pessoas se fartem de uma empresa com as características de gestão da CP, cuja tutela é partilhada entre os ministérios das Infraestruturas e das Finanças.

Confrontado com a possível alteração na equipa do Executivo, após os resultados eleitorais revelados no domingo, o primeiro-ministro respondeu esta terça-feira que a única remodelação determinada pelas autárquicas é a dos autarcas. "Não há nenhuma remodelação de Governo que resulte das autárquicas."

O Ministério Público (MP) já apresentou recurso relativamente à decisão instrutória do juiz Ivo Rosa da Operação Marquês. O recurso do MP deu entrada na instância central criminal com o intuito de que "o Tribunal da Relação de Lisboa reverta a decisão instrutória da não pronúncia" dos factos que constavam na acusação, que tem o ex-primeiro-ministro José Sócrates como principal arguido.

Pedro Polónio, presidente da ANTRAM (Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias), acredita que, para já, os motoristas portugueses não devem ser diretamente afetados pela crise de combustíveis no Reino Unido, porque o abastecimento é feito antes de entrar no território britânico e os camiões têm uma grande autonomia.

A Polícia Judiciária está a fazer um alerta para tentativas de burla. Numa nota divulgada no Twitter, a PJ explicou que está a ser enviado um e-mail que se faz passar por uma mensagem da aplicação MBWay, mas não passa de uma tentativa de phishing.

Portugal tem pelo menos 8209 pessoas em situação de sem-abrigo e em 2020 foram detetadas mais 1102 do que em 2019. Dos 8209 sem-abrigo a viver em Portugal detetados no ano passado, mais de metade (58% - 4.786) estão na Área Metropolitana de Lisboa, e 1213 (15%) na região do Porto.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de