Portugal quer vacinar mais de meio milhão de pessoas por semana contra a Covid-19

Relativamente à nova variante, o coronel Carlos Penha Gonçalves, responsável pelo núcleo de coordenação do plano de vacinação contra a Covid-19, refere que o foco é "vacinar as pessoas mais frágeis que podem estar a perder imunidade".

O responsável pelo núcleo de coordenação do plano de vacinação contra a Covid-19 indicou este sábado que o objetivo é atingir uma capacidade de inoculação de meio milhão de pessoas por semana.

"Neste momento temos 304 centros de vacinação a funcionar e estamos a planear, com as câmaras municipais, com as administrações regionais de saúde, onde é que é preciso ter mais centros de vacinação", disse o coronel Carlos Penha Gonçalves aos jornalistas em São Domingos de Rana, Cascais, onde visitou um centro de vacinação ao lado da diretora-geral da saúde, Graça Freitas.

"A capacidade que queremos ter, total, é de 500.000 pessoas por semana. É essa a capacidade que estamos a planear neste momento e depois irá ser aumentada, consoante as necessidades", acrescentou.

Questionado sobre a eventual chegada a Portugal da nova variante (Omicron) do vírus que causa a Covid-19, o responsável afirmou: "Estamos completamente concentrados em vacinar pessoas mais frágeis que podem estar a perder imunidade e que precisam de ser protegidas neste inverno, não nos vamos distrair com outras coisas neste momento".

Graça Freitas, por seu lado, assumiu a preocupação com esta nova variante, recordando que foi classificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como "preocupante".

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de