Trovoada seca: "Fenómeno não é raro, mas foi muito visível por ser à noite"

Especialista explica que este fenómeno não costuma acontecer com tanta atividade visível.

O fenómeno da trovoada seca que se fez sentir esta noite era esperado, mas tornou-se mais espetacular por ter ocorrido sobretudo durante a noite. Nuno Lopes, especialista do Instituto do Mar e da Atmosfera, explica que na origem do fenómeno está uma "depressão isolada em altitude que estava a oeste de Lisboa e a mover-se lentamente pelo território do Continente em direção ao território espanhol".

O especialista revela que a deslocação da depressão foi o "principal causador desta atividade elétrica, que foi acompanhando o movimento da depressão".

O fenómeno "não é raro, mas também não é comum haver tanta atividade visível", garante Nuno Lopes, frisando que "foi muito visível porque foi durante a noite e houve muitas descargas intra-nuvem, que só são perigosas para a aviação".

As descargas começaram na segunda-feira durante o dia e decorreram principalmente em Lisboa e na zona centro, sendo que em distritos como Évora, Setúbal, Beja e Santarém também houve relâmpagos visíveis, "sempre em direção à fronteira".

Durante a madrugada, os céus de Portugal continental iluminaram-se e provocaram imagens espantosas.

Nas redes sociais, depressa surgiram reflexos da tempestade, com centenas de pessoas a partilhar as imagens do fenómeno. Em Lisboa, os raios luminosos cobriram a Ponte 25 de Abril.

Trovoadas secas provocam incêndios

O comandante da Proteção Civil, Belo Costa, fala em mais de uma dezena da incêndios provocados pela trovoada seca na madrugada desta terça-feira. "Tudo leva a querer que terá a ver com queda de raios", explica Belo Costa.

"Houve alguns incêndios que registamos para além daquilo que seria normal com trovoadas secas em Castelo Branco, mas também em Santarém. No inicio da noite os registos foram mais a sul, nomeadamente no distrito de Beja e mais junto à costa, e mais tarde no centro do país. Em Castelo Branco há duas ocorrências ativas".

Esta terça-feira estão sob aviso amarelo 12 distritos devido à instabilidade do estado do tempo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de